FAZER 250 não sustenta o GIRO

Ir em baixo

FAZER 250 não sustenta o GIRO

Mensagem por Ubisss em Seg Jul 02, 2018 12:10 pm

Bom dia , Very Happy

Aciona a ignição, ok.
Dá partida , ok ...entretanto não segura por muito tempo o giro.
Pensei que poderia ser o "seguro" do alarme ( kit Cerruns) pois havia uma soldagem em curto.
Desmontei o alarme, soldei os contatos e reinstalei ...ok. Por uns dia tudo bem mas voltou a apresentar o mesmo problema. Levei ao mecânico que fez uma limpeza de velas,verificação de biela, virabrequim.
Levei ao auto elétrico que fez uma verificação de relê,bateria e fiação.
Me alertou que poderia ser o combustível. Trocamos a gasolina que pelo aspecto realmente parecia adulterada.
Por outros dias funcionou ok ,mas o problema ainda persiste.
Ela liga, anda bem mas está pegando na sorte. Fica rateando muito antes de pegar e percebo que andando não está firme rendendo normalmente.
Estou com problemas financeiros (desemprego) e não tenho condições no momento de levar na assistência da Yahama. A falta da moto me impossibilita de trabalhar.
Por isso agradeceria se alguém tivesse alguma sugestão sobre o ocorrido.

Oh-brigado !

Ubisss

Mensagens : 2
Data de inscrição : 02/07/2018
Localização : São Paulo - Sp
Pontos : 4

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: FAZER 250 não sustenta o GIRO

Mensagem por Ctrl-Alt-Del em Seg Jul 02, 2018 4:33 pm

Dizer o ano modelo da moto ajuda sempre.

Também indicar se há algum código de falha aparecendo como piscadas ou no visor digital do painel pelo modo diagnóstico.

Se tiveres um multímetro verificar a voltagem da bateria e sistema de carga seria um dos primeiros passos. Publiquei um tutorial "ESPECÍFICO" com procedimento de testes para as Fazers 250 e 150, é só procurar pois está com título em vermelho. Porque para veículos alimentados por injeção eletrônica tudo depende da adequada voltagem para o sistema de alimentação estar em ordem.

Não sendo, haveria um leque de possibilidades e não necessariamente nessa mesma ordem:

- substituição do reparo (vedação) do sensor híbrido e limpeza se necessário;
- bico injetor  e corpo de aceleração sujos por usar gasolina porcaria não aditivada;
- filtro da bomba elétrica de combustível;
- filtro de combustível externo;
- bomba elétrica em fim de carreira;
- o sensor de oxigênio para modelos 2009 em diante é o menos provável;
- itens mais básicos e simples que podem não ter sido revisados tais como regulagem da marcha lenta, filtro de ar, folga de válvulas e etc;
- mais de uma das alternativas anteriores.

É difícil irmão, só vendo a moto para fazer um diagnóstico. Terás que pesquisar, a solução não irá cair do céu. E interagir conosco.

99% lêem isto nem dão retorno e só aparecem quando a água bater na bunda de novo. Então voltam no desespero.

_________________
   Ctrl-Alt-Del
avatar
Ctrl-Alt-Del
Admin

Mensagens : 201
Data de inscrição : 15/12/2017
Localização : São Paulo, SP
Pontos : 402

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum